As minhas 5 fases do Covid19

Photo by Andrea Piacquadio on Pexels.com

Algumas pessoas dizem que todos vão se contaminar que é só uma quentão de tempo… Outras, acham que são imune ao virus e não vão se contaminar, já outras ainda, desenvolveram um medo/respeito gigante perante ao virus e já nem conseguem mais ter sua rotina como costuma ser…

O fato é que se tem muito aprender sobre esse virus, o que acontece para uma pessoa não é para todas, e randomicamente atletas, as vezes, acabam tendo que ir para o hospital, enquanto aquele teu amigo sedentário e que se alimenta mal teve apenas uma dorzinha de cabeça como sintoma de caso positivo. Para ser sincera, eu achei que não fossemos pegar o virus tão cedo, não sei porque, mas achava que não… Mas também não fiquei surpresa quando descobrimos que estávamos positivo, mas foi a;I que as coisas pioraram…

Os primeiros 2 dias eu chamo de Primeira fase; se não tivéssemos filhos, não teríamos levantado da cama nem para comer, o corpo todo dói muito, me sentia extremamente cansada, o que não é normal para mim, eu nunca to cansada a ponto de não conseguir levantar da cama. Calafrios, enjoo, ansia de vomito, diarréia e febre também acontecem… Eu não conseguia ficar de pé por mais de 5 min. Me sentia tão fraca que dava vontade de chorar, comi muito pouco e forcava tomar água.
A segunda fase eu chamo de “o pior já passou”, mas daí vem o nariz trancado e a garganta arranhando, que progride a uma tosse chata que não te larga pelos próximos 2-3 dias. Vem dor de cabeça e uma sensação de tontura. Eu pensava que agora ja estava melhorando e logo tudo ia passar.


A terceira fase foi a perda do olfato e do paladar, agora que vc tava feliz que a canseira, a dor no corpo tinham passado, agora comer não tem mais prazer nenhum…. Vc que já não pode sair de casa por estar em isolamento, agora tbm não tem o simples prazer de comer qualquer coisa…. E o pior é não ter apetite nenhum mesmo sabendo que tem que comer para ficar melhor,… daí vc força comer o que é necessário e te da ansia de vomito ou diarreia…. Affff! Nessa fase estamos no quarto dia, acordei sem sentir cheiro e o gosto, embora eu não tivesse mais o nariz trancado e nem a tosse, perder o olfato e o paladar parece não fazer muita diferença no meio dessa zoeira toda da doença, mas acredite, faz muita diferença, é um dos simples e melhores prazeres da vida para mim, não sentir o gostinho da minha comida, dos meus pães, não saborear absolutamente nada do que você come é bem frustrante…. E ainda, não sentir o cheiro do cafe gostoso ou o cheirinho dos seus filhos que a recém saíram do banho, foi a gota d’água para mim… Nem enfiando meu nariz no saco de café e na água sanitária eu não sentia o cheiro (mas devia dar uma assustada no virus quando eu cheirava a Qboa, hahahah).

Cheguei na quarta fase: é a mental, quando vc pensa que no próximo dia estará melhor outra sintoma aparece, nessa fase vc já perde a esperança e aprende que tudo é desamparo, acha que nada mais de bom está por vir e só pode piorar. A pergunta que não saia da minha cabeça é “por que eu?” Quantas pessoas passaram pela doença sem perder olfato/paladar, sem ter sintomas graves, sem ter tudo isso que estou tendo (tem uma frase do Ross do seriado Friends que ele dizia assim: “Why God, why bad things always happen to good people“), mas esse pensamento já te adianto que náo ajuda em nada, so retarda o processo… Nesse dia ainda me sentia tipo bebada; meio zonza, meio fraca, sem querer ficar muito tempo de pé…. O que me ajudou foi falar com a minha mãe, ou alguém que já passou por essa experiencia e pode te falar o que esperar dali para frente… Minha mãe sempre tem palavras de afago e carinho que me incentivam e me deixam melhor, falei com amigas minhas do Brasil que tinham passado pela doença e me deram prazos mais concretos do que esperar, isso ajuda no plano mental, acredite!

A quinta (6 dia) e ultima fase: é a superação, quando tu sai finalmente da posição de questionamento de vítima e vai para a aceitação. Nesse dia consegui fazer 20min de yoga e achei um super avanço (quem me conhece sabe que eu costumo fazer 1,5 horas de yoga avançada e sair correndo para jogar vôlei de praia e tá tudo bem ). Essa fase costuma ser a mais difícil, pois a duração dela será determinada pela tua mente.
Como em qualquer outra gripe que já tive, eu espero sempre ter um pequeno progresso no dia seguinte, a gente sabe que no inicio vai ficar bem mal, mas depois melhora até ficar bem, no estado normal/saudável novamente. Pela primeira vez na minha vida, fiquei mais de uma semana sem comer doce nenhum porque não tenho vontade, não vejo melhora diária, e os sintomas vão e vem. Nós dois primeiros dias sentia muita dor na lombar (li que acontece devido a inflamação causada pelo virus) mas que passou no terceiro dia, ontem no 6 dia, voltou com tudo essa dor. Liguei para minha GP e ela recomendou anti-inflamatório para não ter mais a dor. No Brasil, me falaram que as pessoas tomam um arsenal de medicamentos, mas aqui a gente toma somente o necessário, caso precise. Percebi tbm que nessa fase eu tava muito irritada, sem paciência e tudo, simples coisas, me irritam profundamente… Parece que meu sistema nervoso sofreu alguma alteração, difícil explicar. Mas consigo perceber que não estou no meu eu normal.

Tudo nessa vida tem um lado positivo, inclusive a doença. Eu agradeço por não ter tido nenhum problema respiratório (apesar de vez em quando eu ter que respirar mais profundo, parecia que meus pulmões tinham que se esforçar mais, mas talvez tenha sido só impressão), não ter que ir para hospital, nem usar oxigênio, meus dois filhos testaram positivo e não tiveram nenhum sintoma, serio, zero!! Não nos faltou nada (só RAT test) e tudo esta passando… Essa é a noticia que eu tanto queria escrever aqui…. DEMORA, mas passa… Hoje to no 7 dia de isolamento, não sinto gosto e nem cheiro, e pequenas tarefas ainda me cansam mais do que o normal, mas to com esperanças renovadas que tá passando. Li que o paladar e olfato podem demorar até um mês para retornar, o que me deixa bem triste, mas to tentando focar naquilo que me deixa bem, escrever, conversar, fazer yoga, ficar com meus filhos, enfim, FAÇA AQUILO QUE TE FAZ SENTIR BEM.

Escreva seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s